"Quando eu morrer voltarei para buscar os instantes que não vivi junto do mar."
Sophia de Mello Breyner Andersen

.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Imploro ao mar num simples toque de magia
Que emerjas das profundezas
E me acompanhes deste passeio
Ao encontro do nosso momento
Tendo apenas como testemunhas
O mar...o céu
.
Deixa-me levar-te nas minhas fantasias
Juntar o meu corpo ao teu
Os meus lábios selarem os teus
Saciar este desejo mútuo
Derrubar barreiras
E vivermos a plenitude que merecemos!

4 comentários:

martinha disse...

Um momento assim tendo como testemunhos O mar...o céu
è mais que perfeito
é a planitude como tu o dizes e que mereceis sem dúvida

fica bem
martinha

susaninha disse...

Poderás ter melhor testemunha que o céu e o mar, para um amor assim cheio de desejos apetitosos?
Sim mereces viver em plenitude, todos os seres que se amam o merecem, só um para o outro, acompanhados de muito carinho dos que os rodeiam, só assim o amor será completo.

Adorei a tua imagem, linda

Beijos

ZeManel disse...

O mar, o céu...
O comungar dos corpos...
A materialização da fantasia dos desejos...
A merecida (e desejada) plenitude estás prestes a ser alcançada! ;)))

ลndreia disse...

Que bonito! O mar, o céu e o sentimento... *